28.9.15

Ontem à tarde ...

Ontem, a tarde foi passada em Vilarinho do Bairro. Mais uma vez o Samuel foi protagonista das minhas fotos ...

Preparado para viajar até Vilarinho do Bairro ...

Enquanto se esperava pelo almoço, um momento de brincadeira ao colo da Madrinha

No "terceiro anel" a ver galinhas, patos e cães ....

Por falar em cães, um juvenil, enquanto a Procissão não passava ...

Ao colo da Catarina, a outra ...

De mão dada com a Madrinha ...

26.9.15

A última deste ano ...

Decorreu hoje a última edição "normal" do Mercado de Rua (Street Market) nas ruas pedonais da cidade ... aqui ficam alguns registos feitos de manhã e de tarde ...







Aquisições ...

No mercado de rua que está a acontecer na zona pedonal da Cidade, comprei dois livros (curiosamente, as compras que tenho feito no mercado, são invariávelmente, livros) ...




Por dois euros, comprei as Actas das II Jornadas de Geografia Humana, subordinada ao tema Terciarização e Desenvolvimento, realizadas em janeiro de 1991. São as comunicações dos palestrantes, quase todos eles meus ex-professores. Por três euros, comprei o Dictionnaire de La Géographie, do Pierre George, obra que foi muitas vezes citada pelos referidos professores ...

Curiosos, ou não, são os carimbos que estão impressos nas obras ...

Caminhada matinal

0 caminho faz-se caminhando!
26 de setembro de 2015

23.9.15

É outono ...

Parque de La-Salette, 2008
A partir deste instante e até às 4h e 48 minutos do dia 22 de dezembro é outono. O Sítio do Observatório Astronómico da Universidade de Lisboa dá, a propóstito desta estação, a seguinte informação:

[Em 2015 o Equinócio de Outono ocorre no dia 23 de Setembro às 09h20min. Este instante marca o início do Outono no Hemisfério Norte. Esta estação prolonga-se por 89,81 dias até ao próximo Solstício que ocorre no dia 22 de Dezembro às 04h48min.

Equinócio: instante em que o Sol, no seu movimento anual aparente, passa no equador celeste. A palavra de origem latina aequinoctium agrega o nominativo aequus (igual) com o substantivo noctium, genitivo plural de nox (noite). Assim significa “noite igual” (ao dia), pois nestas datas dia e noite têm igual duração, tal é a ideia que permeia a sociedade.

Vai-te ao longo da costa discorrendo,
e outra terra acharás de mais verdade,
lá quase junto donde o Sol ardendo
iguala o dia e noite em quantidade.
Ali tua frota alegre recebendo,
Um Rei, com muitas obras de amizade,
Gasalhado seguro te daria
E, pera a Índia, certa e sábia guia.”

Sussurrava o deus Mercúrio em sonhos a Vasco da Gama: que fugisse de Mombaça e se acercasse de Melinde, mais norte e próxima do equador onde o dia iguala a noite, guiando-o prá Índia. Lusíadas, canto II, estância 63.
….
Sobre a duração igual das noites no equinócio, na realidade, não é bem assim… Os equinócios estão definidos como o instante em que o ponto central do sol passa no equador e, por isso, o centro solar nasce no ponto cardeal Este e põe-se exatamente a Oeste, encontrando-se durante 12 horas acima do horizonte matemático em qualquer lugar da Terra nestes dias.
Contudo este facto não resulta numa duração do dia solar de 12 horas, pois a luz direta no chão surge quando o bordo superior do sol nasce, tal como desaparece no ocaso, e o sol tem um diâmetro aparente de 32′ (minutos de arco). Além disso há refração atmosférica: quando o bordo superior está no horizonte o centro do sol encontra-se ≈50′ abaixo do horizonte, mais do que o seu diâmetro.
Com estas condições físicas e devido ao movimento da translação terrestre, apenas no dia 26 de Setembro de 2015 haverá 12,00 horas com luz solar direta no solo. Nesse dia o disco solar nasce às 7h 28m e põe-se às 19h 28m em Lisboa, com apenas 10 segundos de desvio às 12h certas.]

22.9.15

Trinta anos depois ...


Pois é! Esta fotografia faz mais ou menos por esta hora, hora a que estou a escrever esta entrada (18:00 horas), TRINTA ANOS ... foi tirada no jardim da casa dos Padrinhos de Casamento, Beatriz e João do Monte, em Macinhata da Seixa, pela Lígia Ferreira, exímia fotógrafa da Procion, aqui de Oliveira de Azeméis. Foi num salão (a grande garagem ...) que foi servido o animado copo de água ...

Outros tempos, outros semblantes, outros pormenores ...a fotografia original é um poster que está numa das paredes do nosso quarto.

21.9.15

Também houve Trial

Fotografia descarregada
do Facebook da Federação Portuguesa
de Ciclismo


Ontem, à tarde, também aconteceu Trial (Bike Trial) em Oliveira de Azeméis. Foi o Campeonato Nacional da modalidade, que ao mesmo tempo, teve a presença de atletas do país vizinho que competiram extra competição. No total foram 27 os atletas participantes, entre os quais uma feminina.

Infelizmente não pude ver ... e, consequentemente não pude fotografar!

Hoje, ao consultar o Facebook da Federação Portuguesa de Ciclismo, encontrei algumas fotografias e acedi a outras informações. 

Pena é que as fotografias não retratem todas as zonas que os trialeiros tiveram de ultrapassar ... deve ter sido muito giro o espetáculo ...

A fotografia que acompanha esta entrada é de um atleta a passar um dos obstáculos da zona 6, basicamente caixas em madeira. As restantes zonas, instaladas, também elas na envolvente das Piscinas Municipais, eram constituídas por manilhas, pedras e uma rampa, no talude que separa as piscinas do Centro de Formação Ápio Assunção (UDO).

20.9.15

XCO Internacional de Oliveira de Azeméis

Ontem, foram apenas os treinos. Hoje é ja a doer ... está a decorrer a edição de 2015 do XCO Internacional de Oliveira de Azeméis, prova pontoável para o apuramento olímpico Rio 2016.

De manhã, correram-se duas provas. A C1, que se iniciou pela fresquinha, às 9 horas, destinada a atletas masculinos das categorias Promoção, Cadetes e Master's, nas suas três classes, 30, 40 e 50 e ainda do Paraciclismo.

Pelas 11 horas, foi dada a partida para a prova C2, destinada a todas atletas do sexo feminino - Elites, Sub 23, Juniores, Cadetes e Master's e ainda aos Juniores masculinos.

Mais logo, a partir das 14:30, na prova C3, vão correr os Elites e os Sub-23 masculinos.

Pelo meio vai disputar-se o Nacionatl de Bike Trial (ou será Trial Bike?) ...

A zona das partidas e chegadas, junto às Piscinas Municipais e Pavilhão Municipal Professor António Costeira

Quase no final da primeira volta. Daqui até à meta é só asfalto ....

Numa das zonas de maior espetáculo. A descida junto ao Continente. Nem todos a fazem ...

Sempre a informar ....

Um dos parceiros da organização ...

O vencedor da categoria de Paraciclismo ... Presença nos Paralímpicos Rio 2016?

Alguns dos atletas do Trial Bike a observar os obstáculos da Zona &


Partidas ...

A última atleta Cadete a passar junto ao Pavilhão Municipal Professor António Costeira, no início da primeira volta ....

Noite Branca 2015

Um mar de gente! Assim se pode caraterizar a Noite Branca 2015 na cidade. São ou foram milhares as pessoas que pelas Ruas pedonais, Avenida António José de Almeida, Praça José da Costa e Praça da Cidade, viram e participaram nas várias iniciativas que foram dccorrendo ao longa da noita, a partir das oito horas.

Numa varanda, o assinalar da Noite Branca. Boa ideia, meu irmão Armindo!

Uma tela de prrojeção. Bonito!

  
Motos e Carros Antigos. Um denominador comum - o Branco!


Um dos vários grupos musicais que animaram a noite

A montra da Barbearia Silva, onde desde que me conheço, me cortam o cabelo ...

Teatro pelo GOTA - Grupo Oliveirense de Teatro Amador ...

O violino é talvez o instrumento mais popular na noite ...



A Banda do momento. Paradigma!

Acrobacias ....


Já é uma tradição da Noite Branca. Modelos ao vivo nas montras da Ternurinha, loja de lingerie

As miudas pedirm, a fotografia foi tirada ...

Irmãos Lestre

DREAM! Uma excelente performance ...

A cara masi bonita da Noite Branca! O Samuel, claro!

Mais um grupo, mais música, mais violinos ...

Os milhares de visitantes encheram os estacionamentos. Por exemplo no antigomercado provisório ...

19.9.15

24 Horas de Portugal

Hoje e amanhã, o Parque Dr. Eduardo Coelho (Parque Municipal de Vale de Cambra) é palco das 24 Horas de Portugal em atletismo. É a segunda edição e são centenas de atletas, de ambos os sexos, inscritos, quer para correr a prova das 24 Horas, a Solo ou em Equipas (estafetas) de 2 ou 4 elementos ou então para correr a(s) prova(s) de 3 horas ...

Entre a segunda e a terceira hora, estive lá e fiz centenas de fotografias. Estive lá essencialmente por três motivos:

- Porque gosto de desporto em geral e do atletismo em particular;

- Porque Vale de Cambra é um dos concelhos que integra o território do Centro de Formação de Associação de Escolas AVCOA, que atualmente dirijo e por isso gosto de participar nas atividades que decorrem no território; e

- Porque um dos atletas que está a disputar a prova é o Ricardo Bastos, um amigo daqui de Oliveira de Azeméis e que mais uma vez está a correr de forma solidária. Desta vez a favor da Banda de Música de Loureiro













Diferentes momentos da corrida que está a ser feita num Parque com um belíssimo enquadramento, onde é um prazer fazer atividade física ou até, ser uma mera espetadora ...