30.11.14

O Samuel e o António

Acabei de ver no Facebook do pai dos meninos e não resisti. Aqui fica mais uma fotografia do nosso Afilhado Samuel, acompanhado do irmão António ...

29.11.14

Um dia em Visita de Estudo ...

O dia de hoje, atmosfericamente magnifico, foi passado em Visita de Estudo. Fui acompanhar o Formador e os Formandos de uma ação que está a decorrer na Escola Básica e Secundária Ferreira de Castro, a Terras de Santa Maria, para se falar de um Território ... Foi muito interessante ...

Castro de Romariz

A manhã começou no Castro de Romariz, situado no topo do Monte Crasto, em Romariz, freguesia do Concelho de Santa Maria da Feira. A visita foi acompanhada por uma técnica do Museu do Convento dos Loios ...



Três aspetos da estrutura do Castro que estão a descoberto depois das escavações iniciadas em meados do século XIX.

O Formador da ação, o Mário Luís, professor de Artes Visuais na Escola Básica e Secundária Ferreira de Castro e um grande conhecedor deste espaço.
A técnica do Museu do Convento dos Loios que nos acompanhou na visita ao Castro de Romariz.

Castelo da Feira





Alguns aspetos do Castelo da Feira, originalmente da Família Pereira, Condes da Feira e por conseguinte das Terras de Santa Maria, território que abrangia o que é hoje Oliveira de Azeméis ...
O Luís Pedro e a Sónia Pinho, os únicos docentes de Geografia que estão a frequentar o Curso de Formação Quatro Tardes, Quatro Cidades, Um Território.


No centro da cidade de Santa Maria da Feira ... numa parede do edifício da Câmara, uma escultura em cortiça de Vhils e no espaço envolvente, crochet a envolver postes, bancos e árvores ...

Museu do Convento dos Loios



O Convento dos Loios, o terceiro espaço objeto da visita, onde fomos ao Museu do Convento dos Loios, ver a Exposição Temporária de Presépios e a Exposição Permanente do Museu, que abarca de Arqueologia até Pintura. Passámos ainda pelos Claustros e pela Igreja.

Mercado Municipal de Santa Maria da Feira



Última paragem das quatro do dia. Mercado de Santa Maria da Feira, da autoria do Arquiteto Fernando Távora, datado da década de 50 do século XX é uma das obras de referência do autor.

O grupo que participou na Visita de Estudo em fotografia de grupo, nas escadas do Convento dos Loios.

24.11.14

Dia Nacional da Cultura Científica

Hoje, celebra-se um poruco por todo o País o Dia Nacional da Cultura Científica. Esta data, 24 de novembro, foi instituído em 1997 para comemorar o nascimento de Rómulo de Carvalho e divulgar o seu trabalho na promoção da cultura científica e no ensino da ciência.

Rómulo de Carvalho, foi professor de Física e Química nos Liceus de Portugal, mas foi também autor de manuais escolares (os meus manuais de Ciências Naturais do Ciclo Preparatório, são da sua autoria) e de livros de divulgação científica, sobre tudo da área da Física e da Química.

Rómulo de Carvalho, deu corpo a António Gedeão, Poeta (sobretudo) mas também autor de outros géneros literários como o Teatro, que nos deixou Poemas conhecidíssimos como o Lágrima de Preta ou Pedra Filosofal ...



Lágrima de Preta, numa versão dita por uma aluna da Escola Fiorente Elena, de São Paulo Brasil.


Pedra Filosofal, na voz de Manuel Freire, o cantor vareiro, que celebrizou o poema de Gedeão.

22.11.14

O outono é lindo!




Quatro fotografias tiradas esta tarde ao longo da Avenida Dr. Renato Araújo em São João da Madeira e que ajudam a ilustrar o título desta entrada: o outono é lindo!

21.11.14

Estranho País …



Era uma vez um Estranho País … em que o Senhor A decidiu emigrar, porque esse País não é um País para jovens competentes e sabedores … ao fim de um ano, decidiu que já não fazia sentido manter as contas bancárias abertas no País e por isso, pediu ao Senhor B, que na posse de uma procuração, devidamente legalizada, procedesse ao ato de encerramento das contas.

Numa certa manhã, o Senhor B, meteu pés ao caminho e foi a um primeiro banco. Ao BES, mentira, não foi ao BES porque esse é mau! Foi ao Novo Banco. O ato de encerramento da conta do Senhor A, não demorou 5 minutos. Feito de uma forma simples e rápida! O Senhor B ficou com um documento, devidamente assinado que atesta o ato!

Cheio de ilusão foi ao outro banco, que dista deste anterior, menos de 500 metros … e que por acaso é (ainda) o banco do estado, leia-se Caixa Geral de Depósitos … Entrou num espaço moderno, mas algo confuso, retirou uma senha e rapidamente estava em frente a um jovem engravatado, que de uma forma arrogante, lhe perguntou ao que ia …

O jovem engravatado rapidamente chegou à conclusão que a missão do Senhor B não era com ele e que devia ser atendido no espaço em frente, onde uma outra jovem funcionária devia resolver a situação … assim foi feito.

O Senhor B, lá explicou o que pretendia e a jovem funcionária um pouco confusa com a situação começou a pedir uma série de documentos que o Senhor B não tinha, porque achava que lhe bastava a procuração, devidamente legalizada …

Que não senhora que era preciso mais isto e aquilo e que a certidão tinha que estar devidamente autenticada, etc, etc … pelo que escreveu num papel o que o Senhor B tinha de levar.

O Senhor B, regressou ao seu poiso, eletronicamente entrou em contacto com o Senhor A, que rapidamente disponibilizou na nuvem os documentos pedidos …

O Senhor A, matou os bit’s, ou seja tratou de passar o virtual a algo de palpável ! 

Hoje, pela manhã, deslocou-se a um Notário, onde foi muito gentilmente atendido, para que fosse autenticada a procuração, que tinha 4 páginas. Tudo foi feito, foi feita uma adenda, com o descritivo do ato e no final, o Senhor B, pagou … não interessa o valor, mas pagou!

Da parte da tarde, já com os seus próprios documentos, pensava ele que se tinha dado ao trabalho de imprimir um documento com imagens  do seu Cartão de Cidadão, que são extraídos do mesmo através dos sistemas de leitura de cartões voltou à agência da Caixa Geral de Depósitos.

Foi ter com a jovem funcionária, como tinha anteriormente ficado acordado e apresentou-lhe uma vasta coleção de folhas de papel A4. Pelo menos, 10 folhas! Procuração, imagens do CC do Senhor A, comprovativo da morada do senhor A no estrangeiro, mais um comprovativo da situação anterior do senhor A, na Universidade de Aveiro. Do senhor B, as tais imagens do seu Cartão de Cidadão e um comprovativo de morada … duas páginas …

Depois de algum tempo a jovem funcionária pediu o comprovativo da profissão do Senhor B. Ele disse-lhe, não tenho … mas de repente lembrou-se que tinha na carteira, um cartão de funcionário de um determinado serviço público onde exerce, à largos anos, a sua profissão.

A jovem funcionária, bastante simpática, aliás, foi fazer umas fotocópias, a preto e branco, porque o Sistema não aceita a cores …

Depois fez um pouco de trabalho manual, daquele que os alunos fazem muitas vezes nas atividades de expressões … cortar com uma tesoura por forma a que a imagem do Cartão de Cidadão do Senhor A se parecesse com o cartão …

Mas o melhor ainda estava para vir … De repente diz ao Senhor B, agora tenho de enviar para Lisboa para eles enviarem ao Banco de Portugal, talvez para a semana eu já lhe possa ligar para fechar a conta … ou seja, mais uns tempos à espera dum ato, que noutro banco, foi simplicíssimo!

O Senhor B não acreditou no que ouviu … 

Qualquer semelhança com uma história real, É REAL!!!

17.11.14

Domingo de passeio ...

Não que seja habitual, até porque, cá na familia, não gostamos muito de Centros Comerciais, mas ontem por motivos pessoais teve que ser ... e como o Samuel passou o dia connosco, foi, mais uma vez, o protagonista ...

Esperando o almoço ...

Pois, depois de comer, é preciso pagar ...

... para fazer de Maquinista ...

... ou condutor de Diligências ...

... ou então com os seus 9 carros ...

Pronto para sair ...

De regresso a casa, com a Leopoldina (em jogo ...)


Ao lanche, já em casa, entre uns pontapés na bola, uvas e mais alguma coisa!



15.11.14

Uma reunião de preparação para uma Prova de Aptidão Profissional (PAP)

Esta manhã, por acaso uma manhã de muita chuve, estive numa reunião, em Ossela, na Biblioteca Ferreira de Castro, sede do Centro de Estudos Ferreira de Castro, numa reunião preparatória da Prova de Aptidão Profissional do Pedro, aluno do Curso Profissional Técnico de Multimédia, da Escola Secundária Soares Basto.

O objetivo da reunião foi o de delinear o Vídeo que se pretende realizar no Roteiro Caminhos Literários de Ferreira de Castro. Na reunião, para além de mim, participou o Carlos Castro, presidente da direção do Centro de Estudos, o Pedro, que vai fazer a PAP e o Fernando Ferreira, professor da formação técnicao do curso e orientador da PAP.

Lá fora a chuva cai ...

O Carlos Alberto e o Pedro

O Fernando Ferreira e eu

O Fernando

O Carlos

O Pedro

A mãe do Pedro que o trouxe até Ossela e por isso merece a fotografia ...

14.11.14

O Mais importante são as Pessoas [3]


Entrada dedicada às amigas estremenhas, Loli (Maria Dolores Sierra Alba) e Zé (Maria Josefa Soltero Lopez)

Extreme Enduro na Ribeira do Porto

Se as provas de Enduro (Motociclismo) em espaços naturais já são espetaculares, como pude comprovar este ano em Vale de Cambra, durante o Grande Prémio de Portugal da modalidade, as provas de Extreme Enduro em ambientes urbanos são então uma coisa de outro mundo ...

No passado dia 11 de outubro, na Ribeira do Porto, o que aconteceu foi isto. Foi o primeiro dia do Extreme Lagares ...




13.11.14

Lucas, o viajante ...

O Lucas na varanda da casa em Sandyford, este verão

Faz hoje precisamente um ano que este gato, o LUCAS, viveu uma aventura extraordinária ... Viajou de Santa Joana em Aveiro, até à sua nova casa em Sandyford, Dublin .... Será que os gatos também guardam recordações?

8.11.14

Mana, a Gata!




A gata, Mana, uma bichana muito interessante, que já foi protagonista de algumas entradas aqui no blogue, fotografada esta manhã ...

A "minha" Escola ...






É este o aspeto da Escola Secundária Soares Basto, a "minha" Escola, esta manhã, dia 8 de novembro, vista da Rua General Humberto Delgado ...

A intervenção neste espaço escolar, principalmente neste edifício, com os seus mais de 50 anos, esteve, infelizmente, parada demasiado tempo, por uma decisão, perfeitamente absurda do atual governo ... Só deixo uma pergunta: Quanto é que vai custar a indemenização às empresas construtoras pelo adiamento da obra?

Bom, espero que as obras avancem e que em abril do próximo ano, os alunos e os profissionais desta comunidade escolar possam usufruir dos espaços ...