31.5.14

As Histórias e os Livros, uma ação de formação

Hoje, uma parte importante do dia foi passada na Biblioteca Municipal de Estarreja. Motivo? A ação de Formação As Histórias e os Livros, orientada pela Amiga Mafalda Milhões e com um apoio muito bom da Eva Mejuto. As duas são as autoras do Livro MARUXA, uma história adaptada dum conto tradicional polaco. Foi muito bom ... muito bom mesmo!

O bonito edifício da Biblioteca visto da entrada

Na abertura, as formadoras e o Vereador João Alegria, responsável pelos pelouros da Educação e Cultura (entre outros)

As minhas notas ...

Um dos objetos da ação de formação

Um cenário, realizado com base no MARUXA, para um filme de animação ...

A Eva Mejuto, a galega, autora do texto da MARUXA

A Mafalda Milhões, que enntre outros predicados é ilustradora, foi quem ilustrou a obra MARUXA

As autoras autografando exemplares das obras ..




29.5.14

Mealheiros!

O tema MEALHEIROS já aqui tinha sido abordado. Quanto mais não fosse pela reconstrução que fiz de um mealheiro do Samuel,

O objetivo dessa reconstrução foi uma exposição que fiz, ontem dia 28, durante uma atividade que organizei no Centro de Formação de Associação de Escolas dos Copncelhos de Arouca, Vale de Cambra e Oliveira de Azeméis. Foi uma atividade relacionada com Educação Financeira e por isso escolhi o Mealheiro. Eis alguns exemplos ...


28.5.14

Formação em Estarreja, eu vou ...

No próximo sábado, dia 31 de maio, vai acontecer em Estarreja, na Biblioteca Municipal, uma sessão de formação, com a Escritora, Ilustradora, Livreira, Promotora do Livro e da Leitura, etc, etc, Mafalda Milhões. É a partir das 10 horas da manhã até Às 18 horas. De certeza que vou dar por bem empregue o tempo ...


No sítio da Biblioteca Municipal de Estarreja, pode ler-se: "... a ação de formação "As Histórias e os Livros".
 
Nesta ação de formação falamos sobre as idades e os livros, trabalhamos com vários tipos de livros e estudamos as suas aplicações.Hoje em dia os livros apresentam-se de diferentes formas e feitios. Os materiais usados, as ilustrações, os formatos e as diferentes maneiras de estar de cada autor ajudam a definir os públicos a que a obra se destina. Cada leitor é único e nunca se sabe ao certo quais são as regras que ditam as suas escolhas, no entanto, sabe-se que existem regras em relação aos materiais usados. De acordo com as idades, escolhem-se os melhores livros de forma a não prejudicar o processo de formação de um leitor.
A formadora responsável pela ação será Mafalda Milhões, uma excelente profissional na área da literatura infantil e uma das melhores contadoras de histórias."

26.5.14

Reconstruido ...

Para uma atividade que estou a preparar para breve, andei à procura de Mealheiros. Como sabia que o Samuel tinha um, que foi oferta da Lila, vindo de Fátima, pedi-lhe que o pedisse à nossa comadre para o poder expor! Nem de propósito, no dia anterior o Samuel e o António, numa disputa do mesmo, deixaram-no cair e fizeram-no em cacos.

Como a atividade que estou a organizar, está quase a acontecer, ontem à tarde, de cidi tentar refazer o dito cujo ... (tenho pena de não ter fotografias do antes ...)

Reconstruido!

Hoje, na Escola Básica e Secundária de Ferreira de Castro

Esta manhã, fui em serviço à Escola Básica e Secundária de Ferreira de Castro. Motivo? A celebração do Dia do Agrupamento, festejada hoje, porque o Dia do Patrono ocorreu no passado sábado, dia 24 de maio.

Aproveitei e fotografei, entre outras coisas, dois pormenores do hall de entrada da Escola, espaço usado pelos colegas Professores Bibliotecários deste agrupamento como espaço expositivo ...

Na parede imediatamente à esquerda do acesso à Biblioteca Escolar Centro de Recursos Clara Brandão (Homenagem a uma docente da Escola, que foi minha professora e que infelizmente já não se encontra entre nós ...) um friso cronológico com as obras de Ferreira de Castro devidamente datadas, pela data de edição. Muito bem pensado, melhor executado!

Próximo da entrada na Biblioteca, uma parede que em que foi colocada a imagem do escritor ...
Esta animação foi feita a partir das imagens que estão disponíveis no sítio do Agrupamento de Escolas de Ferreira de Castro

Eu junto da imagem. A fotografia é da minha AMIGA Conceição Sousa, que com a Antónia Pinho as duas assistentes operacionais que trabalham diariamente nesta Biblioteca contribuindo para o seu dinamismo. Parabéns!


24.5.14

Celebrar o aniversário caminhando!

Como anunciei numa entrada anterior, hoje, 24 de maio, celebra-se o aniversário do nascimento do Escritor José Maria Ferreira de Castro, nos Salgueiros, em Ossela, Oliveira de Azeméis, no distante ano de 1898.
Para celebrar o centésimo décimo sexto aniversário, nós, elementos do Centro de Estudos Ferreira de Castro e a Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, organizámos uma Caminhada nos Caminhos de Ferreira de Castro - Roteiro Literário com a participação de cerca de 40 caminhantes de várias idades. Foi uma manhã e um princípio da tarde muito bem passados ...

A casa onde no dia 24 de maio de 1898, pelas 11 horas nascia Ferreira de Castro

O  Carlos Castro, presidente da direção do Centro de Estudos Ferreira de Castro a ler o texto que corresponde à estação n.º 1

Mais uma estação, ainda dentro da Quinta

Um grupo numeroso ...

A escola de Santo António (hoje desativada) onde o escritor, estudou ...

A igreja paroquial, dedicada a São Pedro, padroeiro da freguesia, vista a partir do recreio da Escola de Santo António.

No cemitério, junto ao Mausoléu de Diana de Liz, primeira companheira do Escritor

A vista do Vale do Caima

Curiosa a posição da inscrição. Já ouvi muitas explicações sobre o facto ...

A vista pelo arco ...

Meda de palha e a estrutura que a suporta

O moinho do "Ti Zé Moleiro" personagem de "Emigrantes"

O Caima, um rio com um enorme potencial turístico

Um canastro muito bonito ...

O busto do escritor, no pequeno jardim da Biblioteca de Ossela

Foi nesta grelha que foram grelhadas febras e tiras da barriga, a base do almoço ...

Um quadro inspirado na Selva, que passou a enriquecer o património do Centro de Estudos

23.5.14

Mais memórias ...

Hoje tive a oportunidade de digitalizar um conjunto de fotografias, tiradas em 1998, no final do ano, durante uma visita, a quatro, ao espaço onde meses antes tinha decorrido a EXPO 98.

A torre da antiga refinaria, transformada ...

Um muro de água ...

Um muro de água ... para mim a melhor de todas as fotografias ...

Emblemáticos, os vulcões [1]

Emblemáticos, os vulcões [2]

22.5.14

Sábado há Caminhada ...

Porque no sábado, dia 24 de maio, passam 116 anos sobre o dia me que nasceu nos Salgueiros em Ossela, o escritor José Maria Ferreira de Castro, o Centro de Estudos que leva o seu nome e a autarquia de Oliveira de Azeméis, organizam uma Caminhada, seguida de Almoço, nos Caminhos de Ferreira de Castro.

O programa do dia é o seguinte:

  • 08h30: concentração junto à Casa-Museu Ferreira de Castro
  • 08h45: início do Roteiro Literário
  • 09h00: começo da caminhada pelo “Caminhos de Ferreira de Castro” (Duração: cerca de 4 horas) 
  • 13h30: almoço convívio (grelhados)

A inscrição é gratuita, mas tem de ser feita por SMS para o número 912 216 448 ou para o endereço de e-Mail roteiro@ceferreiradecastro.org.

20.5.14

Um Almoço e tanto ...

O almoço de hoje, no Restaurante Pedagógico da Escola Soares Basto, foi um almoço temático. Tema: Vinho! Não o Vinho nos pratos, mas o Vinho como complemento. Mais uma vez, um grande sucesso ...

A EMENTA do dia ...


Logo na receção, Espumante. Meio Seco ou Bruto ...

O Restaurante Pedagógico, devidamente adaptado ao grupo de comensais ...

Alunos, convidados (que falaram dos vinhos) e o João Martins, um dos formadores da área

A entrada: Aros de cebola com molho de chili

A sopa: Creme de abóbora, cominhos e morcela da Guarda

Prato de Peixe: Tagliatelli de gambas com tomate e manjericão

Um dos tintos ...

O parto de carne: Peru com tomilho e limão

A sobremesa: Pannacotta de iogurte

A finalizar, um Porto de beber e chorar por mais ...
Os convivas ...

A seleção vínica!