31.1.16

Recordações ...

22 de março de 2012
11 de maio de 2012
13 de maio de 2012
23 de maio de 2012
29 de julho de 2012
08 de novembro de 2012
10 de fevereiro de 2013
10 de março de 2013
10 de março de 2013
16 de junho de 2013
14 de julho de 2013
14 de julho de 2013
2 de setembro de 2013
2 de setembro de 2013
2 de setembro de 2013
6 de outubro de 2013
14 de dezembro de 2013
 22 de fevereiro de 2013

Apesar de hoje ser um domingo sem o Samuel, foi um domingo com o Samuel ... eu explico. Eu e Lila andávamos para selecionar umas fotografiaz do petiz, faz muito tempo! Foi hoje ...

30.1.16

O circo está na cidade ...

O circo está em Oliveira de Azeméis. No espaço onde funcionou em tempos, provisoriamente, o Mercado Muncipal, está instalado desde ontem o Circo Allegria, para dar alegria a quem gosta deste tipo de espetáculo.



Pontos de Vista(s)

Pontos de Vista(s) é o t´tulo que foi dado à exposição de fotografias do Carlos Cunha, que foi inaugurada hoje e vai estar visitável na Galeria Tomás Costa, na Praça da Cidade, de hoje (dia 30 de janeiro) até ao próximo dia 21 de fevereiro. 

São trinta e quatro fotografias. Cerca de um terço são sobre aspetos e paisagens Oliveira de Azeméis, em particular sobre o Parque de La-Salette. De destacar a primeira de todas, a Estação de Oliveira de Azeméis, que é uma homenagem aos 100 anos de Vida Literrária de Ferreira de Castro, pois a legenda que a acompanha é um excerto de Emigrantes.

Na entrada da Galeria Tomás Costa o cartaz que anuncia a exposição

A legenda que acompanha a fotografia N.º 1 da exposição.
Uma homenagem aos 100 Anos de Vida Literária de Ferreira de Castro


Um Ensamble de Saxofones da Academia de Música de Oliveira de Azeméis, abriu a exposição

A ex-colega Benilde Petiz, a registar para a posteridade ...

O Autor, os políticos e o responsável pela exposição ...

Muita gente, muitos Amigos do Artista


Carnaval Infantil 2016

A tarde de hoje, apesar de um céu cinzento e a ameaçar chuva, que até acabou por cair no final, foi de desfile do Corso Infantil, do Carnaval de Oliveira de Azeméis.

Foi tempo de crianças e menos jovens darem largas à alegria. Participaram várias IPSS e três dos Agrupamentos de Escolas do Concelho. Destaque para o Agrupamento de Escolas Ferreira de Castro que, com as crianças dos Jarins de Infância e das Escolas do Primeiro ciclo, aos quais se juntaram os idosos da Pró-Outeiro, festejaram, alegremente, os 100 Anos d eVida Literária de Ferreira de Castro.

As fotografias abaixo, apenas algumas das dezenas que tirei, falam por si ...

Preparativos!

O carro dos Reis do Carnaval ...

... levava na vela o nomo do Agrupamento.

Uma das técnicas da Divisão de Educação da CMOA. A Fátima! Antigas cumplicidades ...

Uma das IPSS participantes ...

... e a participação dos mais pequeninos. As crianças duma das creches ...

Para registar todo o Corso, nada melhor que um Drone ...

Gente, muita gente ...

Joaninhas... de Fonte Joana (nome não oficial da EB 1 N,º 4 de Oliveira de Azeméis)

A adjunta da Diretora do Agrupamento, em saudável folia ...


Parte da Equipa diretiva do Agrupamento de Escolas Ferreira de Castro.
Ao centro, a Diretora, Ilda Figueiredo, à direita,a  sub-diretora, Elisabete Tavares e à esquerda, a adjunta, Teresa Valente


Uma Amiga e antiga colega, a Teresa Silva, a desfilar enquanto mãe ....

... num desfile onde as professoras e educadoras pontificarm, Foi o caso da Rosália Xará.

Os pais também disseram presente. Neste caso o meu sobrino, (o mais velho de todos os sobrinhos) Rui.

A adjunta da Direção do AE FErreira de Castro, também desfilou ...

Vai acontecer hoje na cidade ...

Mais logo, quando forem 15 horas, começa o Corso Infantil 2016. É na Praça da Cidade que é feita a concentração das crianças e menos jovens, para um divertido circuito por algumas ruas do centro de Oliveira de Azeméis.
Uma hora depois, na Galeria Tomás Costa (com entrada pela Loja Interativa de Turismo) é inaugurada uma exposição de fotografia do oliveirense Carlos Cunha.

O sábado promete ...

Ferreira de Castro, o Jornalista

Ferreira de Castro, o Jornalista, foi o tema da conferência que acabou de se realizar à poucos minutos na Sala Polivalente da Biblioteca Municipal Ferreira de Castro.

Inserida nos 100 Anos de Vida Literária de Ferreira de Castro a conferência, organizada pelo Lions Clube de Oliveira de Azeméis em colaboração com a Câmara Muncipal e o Centro de Estudos Ferreira de Castro, teve como conferencista a Professora Doutora Isabel Ponce de Leão, catedrática na Universidade Fernando Pessoa, que abordou  Ferreira de Castro, essencialmente, pela sua vertente de jornalista, mais do que escritor.




Diferentes momentos de uma sessão que interessou a algumas dezenas de pessoas, interessadas na vida e obra de Ferreira de Castro.

28.1.16

A Curva da Estrada

A Curva da Estrada, romance de Ferreira de Castro, publicado em 1950 e que retrata a Espanha dos anos 30, antes da Guerra Civil, foi o pretexto para a primeira atividade concreta das Escolas ou da Divisão de Educação, no concelho de Oliveira de Azeméis, a propósito dos 100 Anos de Vida Literária de Ferreira de Castro.

Foi hoje, no Auditório Ivone Ferreira, na Escola Básica e Secundária Ferreira de Castro, que o Professor Nuno Crato, falou sobre a Obra, enquadrando-a no tempo e no espaço .

Perante um auditório quase cheio, com Alunos, Professores, Assistentes Técnicos e Operacionais e convidados, o preletor, discorreu, com o apoio de algumas imagens, sobre a obra, o autor oe a época retratada.

Um excelente começo para um ano que se prevê muito cheio ...

O Cartaz do evento, do Agrupamento de Escolas Ferreira de Castro. Aparentemente simples, mas muito bonito.

Na parede da Biblioteca Escolar / Centro de Recursos Clara Brandão, um elegante friso com capas das obras do Escritor

No interior da Biblioteca, uma exposição alusiva ao Escritor

Na mesa, Ilda Ferreira, Diretora do AE Ferreira de Castro, Isidro Figueiredo, Vereador da Educação da CMOA e o Palestrante, Nuno Crato

O Centro de Estudos Ferreira de Castro, ofereceu um exemplar da Castriana e outros das Actas do Congresso dos 75 Anos da A Selva

Seis Professor(as) Bibliotecá(o)s a representar três Agrupamentos

No final e para a posteridade. A Isabel (CMOA), eu, a Sandra (CMOA) e Nuno Crato