30.3.15

Gostei de ver ...

Hoje, tive que andar pelos corredores da Escola Secundária Soares Basto, a "minha" escola e reparei que numa das salas havia ainda um vestígio da Semana da Leitura 2015. Gostei!

29.3.15

Arouca, Workshop, Geoparque

Na passada sexta-feira, dia 27 de março, participei ao longo do dia no Workshop e na Visita de Estudo inserida no projeto internacional sobre Geoeducação, que envolve quatro geoparques europeus, Arouca, por Portugal, Lesvos, Floresta Petrificada, pela Grécia, Parque de Beigua, pela Itália e Peninos do Norte, pela Inglaterra (Reino Unido).

Na Loja Interativa de Turismo de Arouca, local onde decorreu o workshop, a tentar apanhar a rede wi-fi, que me permitiu informar em direto, na Facebook do CFAE AVCOA, o decorrer dos trabalhos ...
A Daniela Rocha, a grande responsável por eu ter participado ... Técnica Superior do Geoparque, foi a formadora responsável pela ação que o AVCOA apoiou.

A Biblioteca Municipal de Arouca, numa das vistas exteriores ... belíssimo edifício ...

Uma outra vista do mesmo espaço ... lindo!

A entrada do Polo Escolar do Burgo, uma das excelentes instalações escolares que Arouca possui ...

Como Escola Geoparqueana, as salas de aula e  não só, possuem nomes de Geossítios do Arouca Geoparque. No caso a Sala das Pedras Parideiras ...

A Biblioteca Escolar, uma das várias dinamizadas pela Marta Brandão, também se associou ao evento. Vimos coisas muito interessantes ...

Junto à Casa das Pedras Parideiras, a passagem de um belo exemplar da Raça Arouquesa, mais um dos muitos patrimónios locais ...

Pormenor duma parede e daquilo que já foi um portal ...

Por entre a árvore que se está a despedir do inverno, o mais recente ícone do Arouca Geoparque. A torre do Radar Meteorológico de Arouca, propriedade do Instituto Português do Mar e da Atmosfera. Portugal, meteorológicamente falando, está mais rico e seguro.
Um exemplo da identificação dos geossítios do Arouca Geoparque. Informação simples, mas eficaz.

No afloramento das Pedras Parideiras, uma fotografia que reuniu quase todas as mulheres do segundo grupo de visitantes. Reza a tradição, que esta rocha é eficaz ...

No décimo andar da torre do Radar Meteorológico de Arouca, uma sala envidraçada em 360.º permite fazer a observação da paisagem ... fabuloso!


Ao nível do solo, mas a cerca de 1100 metros de altitude, o céu limpo e o nevoeiro sucediam-se ... imagens incríveis.

25.3.15

Hoje, quase sempre nas minhas costas ...


As obras na Escola Secundária Soares Basto decorrem a bom ritmo. Hoje, é dia de desmontar a grua que estava "nas minhas costas" e continuar os trabalhos para terminar o espaço que há-de ser o "jardim privativo" do AVCOA ...

A Colega Maria das Dores, no seu posto de trabalho, na portaria provisória da Escola. Um sorriso muito acolhedor ...
Uma parte do meu almoço de hoje na Escola Básica e Secundária Ferreira de Castro. Almoço de Páscoa. Faltou a sobremesa, que no final da sopa e do prato principal fui escolher a uma mesa com muitas e variadas sobremesas ..

A Semana da Leitura 2015 já lá vai, mas não posso deixar este apontamento. Mais uma imagem graficamente atraente. Parabéns para a Lurdes Figueiredo e para o João Pereira.

Uma atividade dos alunos do 10.º B da Escola Básica e Secundária Ferreira de Castro a propósito do seu patrono. Escreveram-lhe ...

Já de tarde, depois do regresso do almoço, o que restava da grua, a sua base, em pleno ar ...


Continuam os trabalhos, no edifício e no que vai ser um jardim ...

Eu vou ...


23.3.15

Hoje!


Ao início da tarde, no horizonte, entre Ul e Madaíl, um incêndio florestal. Não estava muito calor, mas o vento soprava com alguma intensidade ...

Nas traseiras do meu gabinete de trabalho, os trabalhos continuam ... em breve vou ter um jardim "privativo". Dá para pensar o que se pode fazer ali?


Já depois de ter chegado a casa (melho, começou quando estava a vir para casa) um aguaceiro valente, que incluiu granizo ...

22.3.15

A Semana da Leitura 2015 já lá vai ...

Nas minhas andanças por várias Escolas durante a semana passada, vi e assiti a coisas muito interssantes, no âmbito da Semana da Leitura 2015.

Na Biblioteca Escolar da Escola Básica Comendador Ângelo Azevedo, em São Roque, vi uma exposição de trabalhos de alunos. Maquetes de monumentos, criados para a disciplina de História.


Em Loureiro, na Escola Básica Dom Frei Caetano Brandão, os Filmes e os Livros, foram mostrados desta forma muito original ...



Na Escola Básica e Secundária de Fajões, na BECA's - Biblioteca Escolar Centro de Aprendizagens, foi esta a forma escolhida para falar de Cinema e Livros ...


No mesmo dia, 19 de março,  dois autores. A meio da tarde, na BECA's, Flávio Capuleto, apresentou o seu último romance, Amar não é Pecado. Ao final da tarde, no auditório do Centro Cultural de Cucujaes, foi a vez do Alexandre Perafita, fazer a apresentação do seu último livro para crianças, Contos de Boas Contas. Mais dois para a minha coleção "Livros com Alma!.

20.3.15

Ei-la que chega ...

Fonte da imagem:
http://chezmaria_flor.blogs.sapo.pt/bem-vinda-primavera-42406
Neste instante! Chegou a Primavera!

Do sítio do Observatório Astronómico de Lisboa, retirei este texto: "Em 2015 o Equinócio da Primavera ocorre no dia 20 de Março às 22h45min. Este instante marca o início da Primavera no Hemisfério Norte. Esta estação prolonga-se por 92,75 dias até ao próximo Solstício que ocorre no dia 21 de Junho às 17h38min. Os instantes estão referenciados à hora legal.

Equinócio: instante em que o Sol, no seu movimento anual aparente, passa no equador celeste. A palavra de origem latina aequinoctium agrega o nominativo aequus (igual) com o substantivo noctium, genitivo plural de nox (noite). Assim significa “noite igual” (ao dia), pois nestas datas dia e noite têm igual duração, tal é a ideia que permeia a sociedade.

Vai-te ao longo da costa discorrendo,
e outra terra acharás de mais verdade,
lá quase junto donde o Sol ardendo
iguala o dia e noite em quantidade.
Ali tua frota alegre recebendo,
Um Rei, com muitas obras de amizade,
Gasalhado seguro te daria
E, pera a Índia, certa e sábia guia.”

Sussurrava o deus Mercúrio em sonhos a Vasco da Gama: que fugisse de Mombaça e se acercasse de Melinde, mais norte e próxima do equador onde o dia iguala a noite, guiando-o prá Índia. Lusíadas, canto II, estância 63.

Sobre a duração igual das noites no equinócio, na realidade, não é bem assim… Os equinócios estão definidos como o instante em que o ponto central do sol passa no equador e, por isso, o centro solar nasce no ponto cardeal Este e põe-se exactamente a Oeste, encontrando-se durante 12 horas acima do horizonte matemático em qualquer lugar da Terra nestes dias.

Contudo este facto não resulta numa duração do dia solar de 12 horas, pois a luz directa no chão surge quando o bordo superior do sol nasce, tal como desaparece no ocaso, e o sol tem um diâmetro aparente de 32′ (minutos de arco). Além disso há refracção atmosférica: quando o bordo superior está no horizonte o centro do sol encontra-se ≈50′ abaixo do horizonte, mais do que o seu diâmetro."

Ganhei um Livro!


A Biblioteca da Escola Secundária de Arouca, durante a Semana da Leitura que hoje termina, lançou vários desafios. A um deles, concorri.

Ontem recebi da Adelaide Peres, a Professora Bibliotecária responsável por esta biblioteca a notícia de que tinha sido o vencedor do Desafio N.º 3 e que por isso tinha um prémio. Hoje, mandou-me um mail, com a ligação ao Blogue da Biblioteca. E lá estou eu! Gostei de ter participado!

16.3.15

Entre La-Salette e a Torreira




De manhã, uma passagem pelo Parque de La-Salette para brincar no Parque Infantil ... com o bom tempo, a alegria, foi muita ...

Muito gosta ele deste patamar das escadas cá do prédio ... deve achar que consegue jogar melhor à bola ...



Depois do almoço e da soneca, dormida a bordo do carro do Padrinho, hora de diversão em São Jacinto. Primeiro na Praia, que é enorme. Depois, junto à Ria, como marinheiro de água doce ...


Na Torreira, à procura de um sítio para comer ... Lanche e Jantar!

14.3.15

A tarde de hoje













As primieras horas da tarde de hoje foram passadas entre as ruas do centro da cidade, onde durante o dia decorreu a edição da Páscoa do Mercado de Rua (Street Market) e o espaço de esposições da Casa Museu Regional de Oliveira de Azeméis, onde foi inaugurada a exposição "A Lã e a Neve" produzida por alunos e professores do Agrupamento de Escolas "A Lã e a Neve" da Covilhã. Esta exposição é uma das duas atividades do Centro de Estudos Ferreira de Castro que se integram na Semana da Leitura 2015 em Oliveira de Azeméis e pode ser visitada no horário de funcionamento do espaço, até ao próximo dia 27 de março.