31.8.12

Fim de férias ...

Praia de Mira, 2012
É hoje! É hoje o último dia das férias 2012 ... amanhã (amanhã, não que é sábado) é dia formal de regresso ao trabalho.

Para ilustrar as férias, algumas (cerca de 50) fotografias tiradas em Mira e arredores, onde estivemos de 12 a 28 deste mês ... e que se encontram no separador Férias 2012.

30.8.12

Leituras de Férias [4]

Uma obra que é um sucesso
(Primeiro volume, li a 14ª edição; Segundo volume, li a 10.ª edição)
Ken Follett, escritor britânico, nascido em 1949 em Cardiff, escreveu entre outras obras "Os Pilares da Terra", editados em Portugal pela Editorial Presença. Ao longo das 1094 páginas, repartidas por dois volumes, o autor, que situou a obra na Idade Média, num ambiente do feudalismo, com as suas lutas, as suas guerras, os senhores, os feudos, os servos e a igreja, faz a apologia do sonho: o sonho dos construtores de Catedrais e o aparecimento do gótico.

Uma obra que aconselho vivamente ...

24.8.12

Leituras de Férias [3]


Agora foi a vez de "O Codex 632" do escritor e jornalista José Rodrigues dos Santos. Foi uma leitura rápida pois a trama e a intensidade da escrita assim me obrigaram ... leitura interessante e que recomendo.


20.8.12

É hoje ...

Perfil da quinta etapa da 74.ª edição da Volta a Portugal em Bicicleta
É hoje que a Volta a Portugal em Bicicleta chega a Oliveira de Azeméis.

Pela segunda vez na história da Volta uma etapa termina em Terras de La-Salette. Os ciclistas ainda em prova vão sair de Armamar e após 176,6 quilómetros vão chegar à Avenida D. Maria II no centro da cidade.

O final da etapa é espetacular! Depois de uma primeira passagem pelo local da meta, os ciclistas vão dar uma pequena volta por algumas estradas do concelho. Já próximo do final vão pedalar em direção a Macinhata da Seixa, numa estrada com um piso algo incerto. Descem até à ponte sobre o Antuã e depois é sempre a subir até à meta. Primeiro, uma subida suave, até que, na rotunda dos Bombeiros, a inclinação aumenta de forma substancial. Os últimos metros (cerca de 400) são feitos numa subida de forte inclinação ... um final desgastante.
Perfil dos três últimos quilómetros da etapa


17.8.12

Leituras de Férias [2]

Mais um livro lido ... pouco mais de 24 horas entre o início e o fim ... tal a intensidada da trama. O Priorado do Cifrão, de João Aguiar, é uma das obras recomendadas pelo Plano Nacional de Leitura [PNL] para leitura autónoma dos alunos do terceiro ciclo do ensino básico, mas pode ser lido por qualquer jovem ou adulto.

A escrita de João Aguiar é dinâmica, é intensa e é intrigante. Por isso, recomendo ...

15.8.12

Volta a Portugal

Os vencedores das setenta e três edições anteriores
Começa hoje, em Castelo Branco, a 74.ª Volta a Portugal em Bicicleta. Na próxima segunda-feira, dia 20, a chegada é em Oliveira de Azeméis. A meta vai ser instalada, mais uma vez, no topo da Avenida D. Maria II, naquela que deve ser uma das chegadas mais interessantes da competição, dado o desnível que os ciclistas tem de vencer em cerca de 300 metros ...

14.8.12

13.8.12

Leituras de Férias [1]

Férias ... é tempo de ter mais tempo livre para se fazer outras coisas que vão para além do que é necessário para o desenvolvimento profissional.

Hoje, na praia, concluí a leitura dos "Cadernos do Chade Dias de Po na Fronteira do Darfur", da Sandra Ferreira, editado pela Tinta da China.

Este livro, escrito no registo de diário dá conta do dia a dia desta voluntária, numa região inóspita e de grande instabilidade, devido à guerra no Sudão e aos refugiados que se acantonam nos campos de acolhimento.

Recomendo, vivamente, a sua leitura ... 

Hoje é feriado em Oliveira de Azeméis

No dia de ontem, aconteceu a Procissão do Triunfo
Hoje é o dia do Feriado Municipal de Oliveira de Azeméis. A segunda-feira a seguir ao segundo domingo de Agosto é a data festiva do Concelho.

Porquê este dia? Porquê um feriado móvel?

O Dia do Concelho é o dia final das Festas de La-Salette e por isso mesmo é um feriado móvel, já que as festas iniciam-se no primeiro domingo de Agosto, dia marcado pela Procissão de Velas, em que o andor com a Senhora de La-Salette é trazido da Capela até à Igreja Matriz e terminam na segunda-feira a seguir à Procissão do Triunfo, realizada no segundo domingo do mês, quando a Virgem de La-Salette é transportada de regresso ao Santuário. 

12.8.12

Cá se fazem, cá se pagam ...


Ateus ...

Há muitos nas nossas escolas ...

Caminhada matinal

Durante a caminhada matinal acompanhado da máquina fotográfica, fiz algumas fotografias. Quatro delas ficam aqui ...

Da casa, só resta a parede. Curiosa a cor do material cerâmico do revestimento.
Segundo alguns, a diferença de tonalidade tem a ver com a localização.
O verde mais claro é freguesia de Santiago de Riba-Ul e o mais escuro Oliveira de Azeméis

Uma casa que deve ter sido muito bonita. Agora, ruínas ... é pena!
No início dos anos 80 do século passado, foi um estrondo aquando da sua inauguração.
O Centro Comercial Rainha, era exemplo. Agora, é a decadência ...
Uma empresa que faz parte da História Oliveirense ... agora, são ruínas!


8.8.12

Parque Temático Molinológico

Nas freguesias de Ul e de Travanca, aqui no concelho de Oliveira de Azeméis, os rios Ul e Antuã, foram, historicamente, centros moageiros. Com o declínio da atividade moageira, os moinhos entraram em declínio e muitos deles pura e simplesmente desapareceram.

Mas, no final do século passado e início deste século, a autarquia decidiu dar uma nova vida a alguns dos exemplares que ainda restavam. 

Foi assim que surgiu o Parque Temático Molinológico, composto neste momento, por três núcleos de moinhos de água. Uns foram recuperados pela autarquia, outros pelos seus proprietários.

As imagens que ilustram esta informação, foram obtidas esta tarde, no núcleo central do Parque, onde se localiza o Núcleo Museológico do Moinho e do Pão.

É um local a visitar ...

Aspeto dos Moinhos e espaços de apoio do Parque Temático Molinológico
(vista da margem esquerda)
Enquadramento pelo arco da ponte de acesso ao Parque
Zona de Merendas
Três das seis mós existentes
Um moinho particular e futuro centro de degustação gastronómica

7.8.12

La-Salette 2012

Festas da Cidade e do Concelho de Oliveira de Azeméis.
O Cartaz das Festas de La-Salette 2012
(de 5 a 13 de agosto)


Orgulho Português nos Jogos Olímpicos 2012

Portugal ainda não conquistou qualquer medalha nos Jogos Olímpicos 2012 que se encaminham rapidamente para o final ... mais cinco dias e já está.

Mas, esta manhã, ao ver através da televisão as eliminatórias das provas de Canoagem, mais uma vez sinto um enorme orgulho em ser português ... e não é só pelos atletas que estão a ter um bom comportamento  ... é que há mais, muito mais ...

Se repararmos com atenção, a maior parte das embarcações presentes, Kayakes e Canoas, tem um logótipo que nos deve orgulhar: NELO!

Esse logótipo corresponde tão somente ao maior fabricante de embarcações para a pratica da canoagem e é de uma empresa Portuguesa!

A NELO, foi fundada no final dos anos setenta do século passado, por um vilacondense, praticante de canoagem e hoje emprega mais de 100 trabalhadores e as suas produções equipam canoistas de todo o mundo.

Por isso mesmo, o Orgulho Português!

2.8.12

Ideia muito interessante ...

Hoje, através duma ligação que vi num blogue que estou a seguir, li a seguinte notícia:

" Me encantan estas pequeñas noticias que te ponen una sonrisa en la cara. Consultando los periódicos como suelo hacer cada día, me he encontrado con esta extraña palabra, Olvidoteca, y me ha podido la curiosidad. Se trata de la original iniciativa del Hotel Conde Duque de Madrid de crear una biblioteca con los libros que los propios clientes han dejado olvidados en sus habitaciones. Y según dicen, la iniciativa ha sido un éxito total.
Todo comenzó con una pequeña vitrina en la que se iban colocando los libros olvidados por los clientes. Sin embargo, el número fue creciendo y pronto se dieron cuenta de que podrían hacer algo especial con ellos. Se decoró y acondicionó una parte del hotel para crear esta curiosa biblioteca que ahora alberga más de quinientos libros en español, inglés, francés, ruso e incluso chino. La idea fue de Rafi Prieto García, gobernanta del hotel desde hace más de diez años y lectora empedernida, que nos cuenta el resultado de su idea.
(…) ha tenido mucho éxito. Tanto que ahora ocurre algo muy curioso, porque hay clientes que en su habitación nos dejan un libro con una notita: ‘Para la Olvidoteca’.
La verdad es que me parece una idea muy original. Muchos de estos libros olvidados van a parar a la basura y es una pena no darle una nueva vida. Para los hoteles apenas tendría coste, no todos tienen por qué acondicionar una sala de lectura, con unas estanterías puede ser suficiente para poner los libros a disposición de los huéspedes. También se podría dejar un libro diferente en cada habitación, y encontrarte así la sorpresa de ver qué título te ha tocado. En fin, posibilidades hay montones y todo lo que sea animar a la lectura, bienvenido sea"