29.4.19

Passou e não volta mais ...

O fim de semana já lá vai e até a segunda-feira caminha para o seu fim e por isso, para quem me segue, interessa-me dar conta do que foi esse fim de semana ...

Do sábado,  não guardo grandes recordações, até porque teve pelo meio a presença no funeral de um Homem bom, que viu chegada a sua hora ... Mas teve uma caminhada e a realização de algumas tarefas inadiáveis, como tratar do carro ...

No domingo, a manhã, foi mais uma vez, tempo de caminhada em São João da Madeira, no Parque do Rio Ul. De tarde, por volta das quatro, saímos para uma voltinha ... Fomos até à beira mar, mais concretamente até à Granja e Aguda, em Vila Nova de Gaia e Espinho ...

Mesmo ao domingo há quem trabalhe ....
E a discussão contínua ... Para os que querem as grandes superfícies encerradas aos domingos, porque quem aí trabalha tem família, fica a pergunta: estes trabalhadores não tem o direito a estar com a família?

Praia da Granja I

Praia da Granja II

Praia da Granja III

Praia da Granja IV

Praia da Aguda

Estação Litoral da Aguda
Sala dos Aquários

Estação Litoral da Aguda
Um dos Aquários


Por do Sol
Espinho

25.4.19

25 de Abril, Sempre!

Hoje, celebra-se o dia primeiro da Liberdade, que todos vivemos e que nos permite, entre outras coisas, estar a escrever sem grandes preocupações, esta entrada, no meu blogue ... Para os saudosistas de um passado, bafiento, malcheiroso, hipócrita e com muitos mais adjetivos, é bom que parem para pensar ... Se hoje se exprimem livremente contra o 25 de Abril, os Militares que o fizeram e as consequências dele, a ele o devem ...

Bom, o intuito desta entrada não é de todo escrever a favor ou contra esse momento histórico, mas sim, dizer que, cá por casa aproveitámos, o Feriado Nacional, para (re)conhcer, um pouco mais e melhor este fantástico País, que é Portugal.

Vamos por partes! Ontem, porque fui convidado pelo Amigo e Diretor do Centro de Formação de Basto, fui até à Vila de Mondim de Basto, participar numa das Jornadas de Formação, que integram os XXII Encontros de Basto e Barroso. Como assinalou o Diretor Geral da Educação, José Vítor Pedroso, celebrar vinte e dois anos de um evento organizado por um Centro de Formação, quando os Centros de Formação existem à vinte e seis, é obra!!!

Bom, fui, melhor, fomos, mas como a atividade só era de tarde, aproveitámos e fizemos uma paragem em Amarante, depois de percorridas as autoestradas A32, A41 e A4. De Amarante até Mondim de Basto, fizemos a viagem pela Estrada Nacional ...

Hoje, o dia foi muito preenchido ... Monte Farinha, Molares, Celorico de Basto, Fafe, Guimarães e Porto, foram os lugares de paragem ...

AMARANTE

Um dos ícones da cidade. Igreja e Convento de S. Gonçalo

Outro elemento emblemático da cidade. Rio Tâmega

S. Gonçalo em modo 25 de Abril

Lido numa parede amarantina ...
MONDIM DE BASTO

Dormitório? Os patos do Parque Urbano de Mondim de Basto

Onde de pode ver O Beijo, uma escultura ...

Zona Histórica de Mondim de Basto

Santuário da Senhora da Graça, no topo do Monte Farinha, uma montanha com 947 metros de altitude

Panorâmica do vale, numa manhã com muito frio, granizo, chuva e muito, muito nevoeiro ...
MOLARES

Entrar e sair com uma grande gaguez ...

Torre da igreja de Molares

Uma vista da Escola Profissional de Fermil
CELORICO DE BASTO




Porque o edifício que já foi uma estação do Caminho de Ferro existe, porque os comboios circulavam na que é hoje a Eco-pista do Tâmega, a memória perpetua-se ...

Originais encostos, nus banais bancos urbanos

Ideia interessante ....


Arte Urabana feita por alunos de um Curso de Educação e Formação do AE de Celorico de Basto
GUIMARÃES

Um dos belos jardins da cidade vimaranense

Tempo de Páscoa ...

Largo da Senhora da Oliveira

Interior da Igreja da Senhora da Oliveira

Órgão de tubos da Igreja da Senhora da Oliveira ...

Em terra de Mumadona ...

Centro histórico de Guimarães ...

Eles dizem que sim ....

Homenagem!

Pragmatismo, acima de tudo ...
PORTO
A ponte é uma passagem p'ra outra margem ...

Uma das figuras históricas da cidade do Porto enquadrado pela Muralha Fernandina ....

A bela Estação de São Bento

Cruzeiros no Douro


Uma viagem de cerca de um minuto para vencer um declive acentuado ...

23.4.19

Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor

Hoje, 23 de abril, é dia de celebrar os Livros e os direitos dos autores. Foi em 1995 que a UNESCO instituiu o dia 23 de abril como o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor. Porque é que a escolha recaiu sobre esta data? O dia 23 de abril é uma data significativa para a Literatura Universal "A UNESCO instituiu em 1995 o Dia Mundial do Livro. A data foi escolhida por ser um dia importante para a literatura mundial - foi a 23 de abril de 1616 que faleceu Miguel de Cervantes e a 23 de abril de 1899 que nasceu Vladimir Nabokov. O dia 23 de abril é também recordado como o dia em que nasceu e morreu o famoso escritor inglês William Shakespeare."

Por cá, na Biblioteca Municipal Ferreira de Castro, a data celebrou-se com um convidado muito especial. Foi o Escritor, nascido em São Martinho da Gândara, João Manuel Ribeiro, que deliciou com as suas histórias e estórias, alunos, professores e os elementos da Equipa da Biblioteca Municipal, que tiveram a oportunidade e o prazer de o ouvir, sobre as suas obras e o processo de escrita.

O Cartaz do Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor

João Manuel Ribeiro

A Coordenadora da Equipa da BMFC,  Ana, na abertura da sessão

As palavras da Vereadora responsável pela Biblioteca Municipal, Ana de Jesus, a acolher os participantes ....

Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor

Obra de 2009

O escritor foi presenteado pelo Município de Oliveira de Azeméis com duas obras de outros autores Oliveirenses, Ferreira de Castro e Agostinho Gomes